Ano 15

Danuza Leão

*26 de julho de 1933 - Itaguaçu - ES

Cena de Terra em transe, 1967, Glauber Rocha
Cena de Terra em transe, 1967, Glauber Rocha
Manequim famosa, promoter da noite carioca, colunista e cronista, Danuza Leão se eternizou nas telas do cinema brasileiro pela lente de Glauber Rocha.

Danuza Leão é capixaba de nascimento, mas desde os 10 anos vive no Rio de Janeiro, onde se tornou uma das marcas da cidade maravilhosa. Aos 18 anos tornou-se uma das modelos mais requisitadas no país, com projeção internacional – foi modelo contratada de uma maison francesa. Integrante de uma família importante – é irmã da cantora Nara Leão e mãe da artista plástica Pinky Wainer e do distribuidor de cinema Bruno Wainer -, Danuza Leão foi casada com o jornalista Samuel Wainer, de “A Última Hora”; com o compositor e cronista Antônio Maria; e com o jornalista Renato Machado. Colunista famosa do Jornal do Brasil, publicou em 1992 o best-seller sobre boas maneiras Na sala com danuza – que teve um volume dois; e em 2005 o livro de memória Quase tudo. Com trabalhos na televisão, foi jurada de programas de auditório e consultora na Rede Globo, sobretudo em novelas de Gilberto Braga.

Danuza Leão estreou no cinema em um dos maiores filmes do cinema nacional: a obra-prima Terra em transe (1967), de Glauber Rocha. Como Sílvia, Danuza tem uma presença hipnotizante no filme. E é com o genial cineasta que volta às telas em A idade da terra (1980), último e desconcertante filme de Glauber, no qual faz a mulher de Brahms, personagem de Maurício do Valle.


Filmografia

Terra em transe, 1967, Glauber Rocha
A idade da terra, 1980, Glauber Rocha

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.