Ano 15

Débora Duarte

*02 de janeiro de 1950 - São Paulo - SP

Cena de A menina do lado, 1987, Alberto Salvá
Cena de A menina do lado, 1987, Alberto Salvá
Veterana e popular na televisão, Débora Duarte faz parte de uma família de grandes atores. O cinema, felizmente, registrou seu talento.

Débora Duarte é integrante de um clã famoso: é filha da atriz Marisa Sanchez, é enteada do ator Lima Duarte, e é mãe da atriz Paloma Duarte. Débora Duarte começou a carreira na televisão ainda criança, participando de comerciais e atuando em programas e novelas ao vivo - Os miseráveis (1958) e O jardim encantado (1959) são produções dessa primeira fase. A carreira na televisão é extensa, com trabalhos em várias emissoras. Atriz de grande talento, eternizou na telinha personagens como a Lu em Beto rockfeller, (1968), de Bráulio Pedroso; a Carola em O profeta (1977), de Ivani Ribeiro; a Catucha em Coração alado (1980), de Janete Clair; a Angelina Gattai em Anarquistas, graças a Deus (1984), de Walter George Durst; e a Eloá Pelegrini em Corpo a corpo (1984), de Gilberto Braga. O teatro também tem espaço importante na sua carreira, com várias peças no curriculo. A atriz teve um relacionamento amoroso com o cantor e compositor Antonio Marcos, com quem teve uma filha, a também atriz, Paloma Duarte. Débora Duarte estreou no cinema em 1970 na produção francesa Celeste, de Michel Gast, em que faz a protagonista - em algumas fontes, a estreia dela em cinema foi no filme Pais quadrados... filhos avançados (1970), de J.B.Tanko.

Ainda na década de 70, Débora Duarte atua em Pontal da solidão (1974), de Alberto Ruschel. Mas é na década seguinte que tem uma grande atuação em A menina do lado (1987), de Alberto Salvá. No filme, ela é a mãe da personagem central, a adolescente Alice, interpretada por Flávia Monteiro.


Filmografia

Celeste, 1970, Michel Gast
Pontal da solidão, 1974, Alberto Ruschell
A menina do lado, 1987, Alberto Salvá

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.