Ano 15

Paloma Duarte

*21 de maio de 1977 - São Paulo - SP

Cena de 2 filhos de francisco, 2005, Breno Silveira
Cena de 2 filhos de francisco, 2005, Breno Silveira
Paloma Duarte é a terceira geração de uma notável família de artistas. A mãe é a atriz Débora Duarte; o pai, o cantor Antônio Marcos; e os avós maternos são os atores Marisa Sanches e Lima Duarte.

Paloma Duarte é uma cria da televisão - seu crescimento foi frente às telas em novelas, seriados, minisséries e especiais. Ainda assim, vem construindo carreira importante no teatro e no cinema, além de atuante posicionamento político – fez história ao se oferecer para participar do horário político gratuito de Lula, em resposta ao depoimento da atriz Regina Duarte em campanha pró José Serra – do PSDB, que dizia ter medo dos rumos que o país ia tomar caso o petista vencesse as eleições. Paloma Duarte vem marcando presença na TV com personagens marcantes: Leonor em Hilda furacão (1998); Angélica em Terra nostra (1999) – quando contracena com Débora Duarte, como mãe e filha; Marina em Mulheres apaixonadas (2003); e Luiza em Cidadão brasileiro (2006). No teatro, atua em peças de sucesso, como As mulheres de minha vida, direção de Daniel Filho. A estreia no cinema se dá no divertido Zoando na TV, dirigido por José Alvarenga Jr, em 1999. Mesmo sendo um veículo para a apresentadora Angélica, o filme é uma boa opção para o público juvenil.

Paloma Duarte tem carreira crescente no cinema dos anos 2000, atuando em grandes sucessos. O primeiro foi A partilha, a adaptação cinematográfica da peça de Miguel Falabella, dirigida por Daniel Filho, em que faz a personagem lésbica Laura. Depois, tem o principal papel feminino em Deus é brasileiro, de Carlos Diegues. A atriz está em um dos maiores sucessos do cinema brasileiro da Retomada, 2 filhos de francisco, de Breno Silveira, como Zilú, mulher de Zezé di Camargo – em cena marcante, ela dança a música “Como vai Você”, composta pelo pai, Antônio Marcos. Em 2006, volta a ser dirigida por Daniel Filho, como uma das protagonistas de Muito gelo e dois dedos d´água. É dirigida pelo então marido Oswaldo Montenegro em Leo e bia (2010).


Filmografia

Zoando na TV, 1999, José Alvarenga Jr
A partilha, 2001, Daniel Filho
Deus é brasileiro, 2003, Carlos Diegues
2 filhos de francisco, 2005, Breno Silveira
Muito gelo e dois dedos d´água, 2006, Daniel Filho
Leo e bia, 2010, Oswaldo Montenegro
Teus olhos meus, 2011, Caio Sóh

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.