Ano 15

Começa a 11ª Cineop

Cena de Cabra marcado para morrer, 1964-1984, de Eduardo Coutinho
Hoje, às 20h30, acontece no Cine Vila Rica, a abertura da 11ª Mostra de Cinema de Ouro Preto - Cineop, com a exibição do clássico Cabra marcado para morrer (1964-1984), de Eduardo Coutinho - o grande homenageado dessa edição ao lado do restaurador Chico Moreira.

A 11ª Cineop tem como eixo temático a trinca Cinema, TV e Educação, que contempla, na Temática Preservação o enfoque "Arquivos de Televisão", e na Temática Histórica "O Cinema e o processo de abertura política (1976-1988).

A Cineop acontece até o dia 27 de junho e tem programação totalmente gratuita: exibição de filmes, seminários, debates, oficinas, shows, exposição, lançamento de livros.

A programação de filmes é formada por 91 títulos brasileiros - 19 longas, 7 médias e 65 curtas -, em pre-estreias e retrospectivas.

Filme referencias na história do cinema brasileiro e que abordaram o período da ditadura civil-militar e o processo de transição serão exibidos, como os clássicos Eles não usam black-tie (1981), de Leon Hirszman, A próxima vítima (1983), de Joaquim Pedro de Andrade. Outros filmes importantes da época retratada são Extremos do prazer (1983), de Carlos Reichenbach, Festa, de Ugo Giorgetti, e Superoutro (1989), de Edgar Navarro.

Ainda na agenda da programação, filmes contemporâneos de cineastas como Joel Pizzini e Carlos Adriano, 

Já na Mostra Preservação, dois cineasta veteranos importantes estarão nas telas: Sílvio Tendler com Jango; e Sylvio Back com Lost Zweig.

Programação completa
www.cineop.com.br







::Voltar
Sala 
 Betty Faria
Com amor profundo pelo cinema, premiada em vários festivais no Brasil e no exterior