Ano 15

11ª Cineop - Quarto Dia

Cena de Lost Zweig, 1983, Sylvio Back

A programação de domingo da 11ª Cineop - Mostra de Cinema de Ouro Preto foi marcada por muitos seminários, encontros de arquivos, exibição de curtas, médias e longas, e também por lançamento de livros.

 

Dentre os livros estão dois do pesquisador e jornalista Matheus Trunk: "Dossiê Boca: Personagens e Histórias do Cinema Paulista"; e "O Coringa do Cinema". Esse último sobre o técnico Virgílio Roveda - eletricista, iluminador, diretor de fotografia, produtor, dentre outros -, que marcou presença no lançamento junto ao autor.

 

Matheus Trunk é um apaixonado pelo cinema popular, sobretudo o da Boca do Lixo. Pesquisador incansável, vem realizando projetos importantes de resgate de memória desse cinema. Afora os livros citados e vários artigos e entrevistas que já realizou, vale destacar que foi fundador, junto com Gabriel Carneiro,da inesquecível revista Zingu!, na qual tive a honra de participar como colaborador, redator, colunista e editor.

 

 

Dentre os curtas, médias e longas, o Mulheres conferiu Lost Zweig, de Sylvio Back, no Cine Vila Rica.

 

O filme foi exibido dentro da programação voltada para o montador e restaurador Chico Moreira, um dos homenageados dessa 11ª Cineop - o outro foi o cineasta Eduardo Coutinho -, já que ele foi o montador do longa.

 

Sylvio Back exaltou a presença de Chico Moreira no seu cinema - realizaram vários filmes -, assinalando a importância do montador em sua obra e também o lugar de destaque que a montagem tem nos filmes: "Tem dois casamentos que têm que dar absolutamente certos na realização de um filme: a do cineasta com o diretor de fotografia e a do cineasta com o montador".

 

Back anunciou que seu próximo filme será a retomada de um projeto que conta com a presença de Chico Moreira na ficha técnica, já que trabalhou em 45 minutos do filme.

 

O filme de Back exibido, Lost Zweig, é sobre a passagem pelo Brasil, em 1942, do escritor austríaco Stefan Zweig com sua esposa Lotte. Judeu, ele peregrinou por países em busca de refúgio para outros judeus que permaneceram em solo alemão nas mãos dos nazistas.

 

Autor do livro "Brasil, país do futuro", Zweig tentou com seu prestígio convencer Getúlio Vargas a receber e instalar os amigos judeus alemães no Brasil, mas acabou foi encontrando um ambiente sinistro de negociações escusas e falsas promessas.

 

Lost Zweig focaliza essa perplexidade do escritor, enquanto ele circula pelos corredores do poder e se envolve com bela amante negra brasileira, até seu desfecho trágico com sua esposa, ato milimetricamente planejado.

 

Se valendo de composição de estética clássica, Sylvio Back faz um registro um tanto frio - uma das marcas de seu cinema - sobre um tema e um acontecimento que, nas mãos de outro, poderia cair em ares de sentimentalismo trágico.

 

No elenco, Rüdger Vogler, Ruth Rieser, Daniel Dantas, Juan Alba, Bey Piacentini, Claudia Netto, Ana Carbatti, Kiko Mascarenhas, Katia Bronstein, Denise Weinberg, Carina Cooper, Odilon Wagner, Renato Borghi, Thelmo Fernandes, dentre outros.

 

 

******************

 

11ª Cineop - Mostra de Cinema de Ouro Preto
Programação completa
www.cineop.com.br

 

::Voltar
Sala 
 Betty Faria
Com amor profundo pelo cinema, premiada em vários festivais no Brasil e no exterior