Ano 16

13a Cineop - Homenagem Maria Gladys

13a. Cineop homenageia a atriz Maria Gladys - Foto: Jackson Romanelli/Universo Produções


A Mostra de Cinema de Ouro Preto, Cineop, chega à 13a edição, com programação extensa e intensa de 13 a 18 de janeiro de 2018.


A abertura oficial é hoje, 14, e presta homenagem à atriz Maria Gladys, um nome indesviável na história do cinema brasileiro, sobretudo no Cinema Marginal, em que fez dobradinha inesquecível com Helena Ignez, sendo as duas as principais mulheres do movimento. Muito mais que atrizes ou as chamadas musas, Gladys e Helena foram personas fundamentais para o Cinema Marginal, com suas posturas, pensamentos e atitudes modernas, verdadeiros signos dessa estética desconcertante.


A Universo Produção, realizadora das mostras de Tiradentes, Ouro Preto e Belo Horizonte, já havia homenageado Helena, e, agora, faz história com essa homenagem justíssima à Maria Gladys, um símbolo do que há de mais moderno no nosso cinema.


A 13a. Cineop tem como tema central em 2018 "Fronteiras do Patrimônio Audiovisual em Diálogo com a História, Educação e as Artes". 


A temática histórica vai evidenciar o eixo "Vanguarda Tropical: Cinema e Outras Artes", na qual acontece a homenagem à Maria Gladys, que receberá hoje, no Cine Vila Rica, às 20h, o Troféu Barroco como a homenageada da edição 2018.


A cerimônia oficial da Cineop vai contar com a sempre esperada abertura a cargo dos bambas Chico de Paula e Grazi Medrado, uma escolha acertada da Universo, que, a cada uma das edições de suas mostras, encanta e sacode o público com arte, política, questões sociais, reflexão. David Maurity como mestre de cerimônia é outra escolha acertada, com sua presença leve, divertida e sempre provocativa.


Na programação de filmes em homenagem à Maria Gladys, serão exibidos o curta Maria Gladys: Uma atriz brasileira (1980), de Norma Bengel, e o longa Sem essa aranha (1970), de Rogério Sganzerla.


Durante toda a Cineop dois outros filmes da atriz serão exibidos, o inédito Quebranto (2018), de José Sette, e Vida (2008), de Paula Gaitán; uma exposição sobre ela, e uma Roda de Conversa que vai reunir a homenageada e um de seus cineastas fundamentais, Neville D´Almeida,  


A 13a. Cineop vai apresentar vários filmes, entre curtas, médias e longas, oficinas, exposição, seminparios, lançamentos de livros, cortejo, como destaca o material de divulgação: 


"Até o dia 18, toda a programação da mostra é gratuita e vai ocupar o Cine Vila-Rica, a Praça Tiradentes (com o Cine Praça), o Centro de Artes e Convenções e o Sesc Cine Lounge Show. Nesta edição, serão exibidos 134 filmes (15 longas, 6 médias e 113 curtas-metragens), vindos de 12 estados brasileiros (BA, CE, ES, GO, MG, RJ, SP, PB, PE, PR, RS, SC) e 3 países (EUA, Espanha e França), distribuídos nas mostras Contemporânea, Preservação, Homenagem,  Histórica, Educação, Sessão Especial, Mostrinha e Cine-Escola. No seminário, acontecem o Encontro Nacional de Arquivos e Acervos Audiovisuais Brasileiros e o Encontro da Educação: X Fórum da Rede Kino". 


Alguns destaques são a programação de shows, com artistas do quilate de Tom Zé, Marcelo Veronez, Barulhista, Cabezas Flutuantes e Karina Buhu. E o lançamento do livro  Nova História do Cinema Brasileiro: : Novos enfoques, materiais e perspectivas, organizado por Scheila Schvarzman e Fernão Ramos..


Confira a programação completa:

www.cineop.com,br


*****************


Acompanhe a 13ª CineOP - Mostra de Cinema de Ouro Preto e o programa Cinema Sem Fronteiras 2018.

Participe da Campanha #EufaçoaMostra

Na Web: cineop.com.br

No Twitter: @universoprod

No Facebook: universoproducao / CineOP

No Instagram: @universoproducao

Informações pelo telefone: (31) 3282-2366

 

***

 

Serviço

 13ª CINEOP -  MOSTRA DE CINEMA DE OURO PRETO | 13 a 18 de junho de 2018 

LEI FEDERAL DE INCENTIVO A CULTURA 

Patrocínio:  TAESA, CBMM, ITAÚ 

Parceria Cultural: SESC em Minas e Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP 

Fomento: CODEMGE|GOVERNO DE MINAS GERAIS 

Apoio: Cinema do Brasil, Instituto Universo Cultural,Café 3 Corações, Prefeitura de Ouro Preto, Embaixada da França no Brasil,Rede Globo Minas, TV Escola, Dimas/Funceb, Cinemateca Brasileira, Parque Metalúrgico Augusto Barbosa|Centro de Artes e Convenções de Ouro Preto, Adop 

Idealização e realização: UNIVERSO PRODUÇÃO

MINISTÉRIO DA CULTURA - GOVERNO FEDERAL|ORDEM E PROGRESSO

 

LOCAIS DE REALIZAÇÃO DO EVENTO

 

Centro de Artes e Convenções

Praça Tiradentes

Cine Vila Rica

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA 

Universo Produção| (31) 3282.2366 - Laura Tupynambá e Lívia Tostes – (31) 99493.0775 imprensa@universoproducaocom.br

ETC Comunicação | (31) 2535.5257 |99120.5295 - / Núdia Fusco - nudia@etccomunicacao.com.br

Luciana d’Anunciação – luciana@etccomunicacao.com.br /

Produção de textos: Marcelo Miranda

::Voltar
Sala 
 Betty Faria
Com amor profundo pelo cinema, premiada em vários festivais no Brasil e no exterior