Ano 16

22a Mostra de Tiradentes - Mostra Aurora

Cena de "A Rainha Nizinga chegou", de Junia Torres e Isabel Casimira Gasparino
A Mostra Aurora é um dos recortes mais importantes e aguardados da Mostra de Cinema de Tiradentes, que, em 2019, chega a 22ª edição.

A Mostra Aurora é formada por programação de longas inéditos realizados por cineastas com, no máximo, três filmes no currículo.

A Aurora é um espaço de destaque, pois abre leque diverso tanto de experimentação como de estéticas singulares. Os filmes selecionados são avaliados pelo Júri da Crítica, formado por críticos convidados de vários veículos da imprensa nacional, e , nesse ano, contará ainda com duas presenças internacionais vindas da Argentina e França.

A programação é formada por sete filmes: 

A ROSA AZUL DE NOVALIS (SP), de Gustavo Vinagre e Rodrigo Carneiro; A RAINHA NZINGA CHEGOU (MG), de Junia Torres e Isabel Casimira Gasparino; TREMOR IÊ (CE), de Elena Meirelles e Lívia de Paiva; SEUS OSSOS E SEUS OLHOS (SP), de Caetano Gotardo; VERMELHA (GO), de Getúlio Ribeiro; DESVIO (PB), de Arthur Lins; e UM FILME DE VERÃO (RJ), de Jô Serfaty. 

Segunda a curadoria, os filmes da Mostra Aurora, selecionados entre 72 inscritos,  “se caracterizam por visões estéticas singulares, sempre em consonância com a vanguarda do audiovisual brasileiro e desafiando as formas tradicionais de linguagem”. Os longas selecionados são de seis estados: Goiás, Paraíba, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Ceará e São Paulo

Ainda segundo a curadoria:

“A mostra apresenta filmes que buscam desconstruir os códigos da ficção e do documentário, com dramaturgias que se desenham entre o passado da ancestralidade, o presente dos conflitos e a incerteza do futuro”, destaca a curadora Lila Foster. “Os trabalhos reúnem imagens que forjam experiências de conexão entre personagens, sua realidade local e os imaginários que surgem do encontro entre sujeitos, cultura e cinema; obras que se fazem entre a afirmação da presença dos corpos e a abertura à fabulação”.

“A Aurora 2019 traz filmes que forjam encontros, intensificam experiências e tensionam o lugar dos corpos e da imagem no mundo. A afirmação de identidades, culturas e histórias permeia a seleção, ao mesmo tempo em que cada trabalho inventa uma língua própria para expressar com liberdade os múltiplos conflitos que os atravessam”. 

Além de selecionar o Melhor Filme da Mostra Aurora, que será agraciado com o Troféu Barroco (oficial do evento) e premiações em produtos e serviços cinematográficos, o Júri da Crítica também será responsável por escolher o melhor curta-metragem da Mostra Foco e o destaque feminino (das Mostras Foco e Aurora) para receber o Prêmio Helena Ignez.

Realizada pela Universo Produção – Raquel Hallak, Quintino Vargas e Fernanda Hallak -, a Mostra de Cinema de Tiradentes apresenta, de 18 a 26 de janeiro, programação intensa e gratuita,  formada por exibição de filmes, debates, seminários, oficinas, lançamentos de livros, atrações artísticas e muito mais.


*****
22ª MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES

Acompanhe a 22ª Mostra de Cinema de Tiradentes e o programa Cinema Sem Fronteiras 2019.
Participe da Campanha #EufaçoaMostra
Na Web: mostratiradentes.com.br
No Twitter: @universoprod
No Facebook: universoproducao / mostratiradentes
No Instagram: @universoproducao  
 Informações pelo telefone: (31) 3282-2366 

Serviço
 22ª MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES | 18 a 26 de janeiro de 2019 

LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA
LEI ESTADUAL DE INCENTIVO À CULTURA
Patrocínio:   COPASA|GOVERNO DE MINAS GERAIS
Parceria Cultural: SESC em Minas
Fomento: CODEMGE|GOVERNO DE MINAS GERAIS
Incentivo: SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA| MINAS GERAIS
Idealização e realização: UNIVERSO PRODUÇÃO
MINISTÉRIO DA CULTURA - GOVERNO FEDERAL|ORDEM E PROGRESSO 

LOCAIS DE REALIZAÇÃO DO EVENTO 
Centro Cultural Sesiminas Yves Alves   
Largo das Fôrras 
Largo da Rodoviária
Escola Estadual Basílio da Gama 

::Voltar
Sala 
 Betty Faria
Com amor profundo pelo cinema, premiada em vários festivais no Brasil e no exterior