Ano 16

22a Mostra de Tiradentes-Público e Vencedores

Vencedores da 22a Mostra de Cinema de Tiradentes - Crédito: Universo Produção
Goiás foi o grande destaque da premiação da 22ª Mostra de Cinema de Tiradentes, que, de 18 a 26 de janeiro de 2019, atraiu um público de cerca de 37 mil pessoas, segundo os organizadores. 

O Estado venceu as duas mostras competitivas de longas avaliadas pelo Júri da Crítica:  Vermelha, de Getúlio Ribeiro, na Mostra Aurora; e Parque Oeste, de Fabiana Assis, na Mostra Olhos Livres. 

Já o prêmio mais lindo e merecido da Mostra foi para a extraordinária montadora Cristina Amaral, que recebeu o Prêmio Helena Ignez, de destaque feminino, pelo ótimo longa Um filme de verão, de Jo Serfaty.

A Mostra premiou também o curta Negrum3 (SP), de Diego Paulino,  Júri Popular e Prêmio Canal Brasil de Curtas; e o curta Caetana (PR), de Caio Bernardo, pelo Júri da Crítica


Realizada pela Universo Produção – Raquel Hallak, Quintino Vargas, Fernanda Hallak -, a Mostra de Cinema de Tiradentes tem como foco o cinema brasileiro contemporâneo, e, nessa edição, apresentou a temática “Corpos Adiante” e homenageou a atriz, dramaturga e diretora mineira Grace Passô.

Toda gratuita, a programação apresentada foi intensa e formada por exibição de filmes – curtas, médias e longas -, seminários, debates, rodas de conversa, oficinas, atrações artísticas, lançamento de livros, cortejo, e muito mais.

As exibições dos filmes aconteceram no Cine Tenda, no Cine Praça e no Cine Teatro.

Foram exibidos 108 filmes (28 longas, 2 médias e 78 curtas-metragens), em 49 sessões de cinema. Os longas vieram de nove estados: Rio de Janeiro (7), São Paulo (6), Minas Gerais (5), Ceará (3), Bahia (2), Acre (2), Goiás (2), Pernambuco (2) e Paraíba (1). Já os curtas somaram um total de 78 produções, vindas de 13 estados: Minas Gerais (21), São Paulo (17), Rio de Janeiro (9), Goiás (5), Pernambuco (5), Bahia (6), Ceará (3), Distrito Federal (2), Paraná (3), Rio Grande do Norte (1), Paraíba (2), Rio Grande do Sul (1), Amazonas (1) e Mato Grosso (1)..

Segue abaixo os vencedores dessa edição:


- Melhor longa-metragem Júri Popular: Meu Nome é Daniel (RJ), de Daniel Gonçalves.
Troféu Barroco;


- Melhor curta-metragem Júri Popular: Negrum3 (SP), de Diego Paulino.
Troféu Barroco;

- Melhor curta-metragem pelo Júri da Crítica, Mostra Foco: Caetana (PB), de Caio Bernardo. 
“Pelo investimento e confiança nas bordas do acontecimento, nos lembrando das potências políticas  da opacidade, e esculpindo uma ação metafórica através de sua materialização em ideias sonoras e pictóricas, fazendo com que a economia gramática do filme exprima sua ideia motriz em cada quadro.”
Troféu Barroco;

- Melhor longa-metragem pelo Júri Jovem, da Mostra Olhos Livres, Prêmio Carlos Reichenbach: Parque Oeste (GO), de Fabiana Assis. 
“Pelo cuidado e dignidade de se filmar o sofrimento, sem suavizar o horrível de suas imagens, ou nele se estagnar, por mostrar um futuro a ser construído por corpos que, mesmo atravessados pelo risco constante do presente, seguem adiante, e por ressoar o tremor da vida que resiste, sempre, porque essa é sua única possibilidade.”
Troféu Barroco;

- Melhor longa-metragem da Mostra Aurora, pelo Júri da Crítica: Vermelha (GO), de Getúlio Ribeiro. 
“Por manejar, através da imprevisibilidade de sua condução, uma sutil unidade de medida para si e por conceber assim um dinâmico exercício cosmodoméstico sobre a ideia de narração, edificando  uma vigorosa investigação de um Brasil sem mar, conjugando humor e experimentação estrutural.”
Troféu Barroco;

- Prêmio Helena Ignez para destaque feminino: Cristina Amaral, montadora de Um Filme de Verão (RJ). 
“Pelo trabalho de excelência, que  se constrói com precisão de olhar e fluidez entre os planos, como uma voz e presença ímpar na montagem cinematográfica, que atravessa mais de 30 anos no cinema brasileiro como uma potência que se reitera e atualiza numa execução brilhante.” 

- Prêmio Canal Brasil de Curtas: Negrum3 (SP), de Diego Paulino. 


*** 
22ª MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES
Acompanhe a 22ª Mostra de Cinema de Tiradentes e o programa Cinema Sem Fronteiras 2019.

Participe da Campanha #EufaçoaMostra
Na Web: mostratiradentes.com.br
No Twitter: @universoprod
No Facebook: universoproducao / mostratiradentes
No Instagram: @universoproducao  
 Informações pelo telefone: (31) 3282-2366

 

::Voltar
Sala 
 Betty Faria
Com amor profundo pelo cinema, premiada em vários festivais no Brasil e no exterior