Ano 16

14aCineop - Começa a Mostra

Crédito: Leo Lara/Universo Produção
Hoje, 6, às 20h30, acontece a abertura oficial da 14 Cineop - Mostra de Cinema de Ouro Preto, que de 5 a 10 de junho ocupa vários espaços da bela cidade histórica patrimônio da humanidade.

Realizada pela Universo Produção - Raquel Halak, Quintino Vargas, Fernanda Halak - a Cineop integra o circuito de mostras da Universo formado ainda pela Mostra de Cinema de Tiradentes e pela Mostra BH - Mostra de Cinema de Belo Horizonte.

A Cineop focaliza o cinema como patrimônio, daí sua importância a frente da preservação, reflexão, resgate da memória e salvaguarda da produção brasileira, em evento audiovisual que reúne pesquisadores de todo país em Encontros de Arquivo e Encontro da Educação.

O homenageado dessa edição da 14a Cineop é o cineasta baiano Edgar Navarro, sinônimo de um cinema inventivo, desconcertante e autoral. O público que comparecerá ao Cine Vila Rica poderá ver ou rever o clássico média-metragem dirigido por Navarro, e que já foi cantado em versos por Caetano e Gil, "Superoutro" (1989), além do curta" Exposed" (1978). O cineasta receberá o Troféu Vila Rica.

Ainda no programa, a sempre aguardada cerimônia de abertura dirigida por Chico de Paula e Grazi Medrado, que já vêm fazendo história nas mostras da Universo. A temática central da 14a Cineop é   “Territórios regionais, inquietações históricas”, e é isso que os diretores vão apresentar aos presentes em performance audiovisual.

Participam a cantora Adrianna, o ator e contador de histórias Marcelino Xibil Ramos, o multi-instrumentista Marcelo Ricardo, e a majestosa atriz Rejane Faria. Já Barulhista assina e executa ao vivo a trilha sonora. Tudo para destacar  as relações entre os três eixos da CineOP - as Temáticas Histórica, Educação e Preservação - e prestar tributo ao cineasta homenageado Edgard Navarro.

A programação de abertura da 14a Cineop termina com a Noite Tambores e Sons Ouro-pretanos no Sesc Cine Lounge Show, no Centro de Convenções, com os grupos Vilodum e Candonguêro.


A 14a Cineop - Mostra de Cinema de Ouro Preto, que é toda gratuita, vai apresentar programação extensa: 103 filmes, entre curtas, médias e longas, debates, seminários, lançamentos de livros, oficinas, cortejo, shows, e muito mais.


PROGRAMAÇÃO

Até o dia 10 de junho, serão 103 títulos (12 longas, 4 médias e 87 curtas), distribuídos nas mostras Contemporânea, Preservação, Histórica, Educação, Mostrinha e Cine-Escola. As atividades da CineOP, sempre gratuitas, ocupam três espaços na cidade: o Cine Vila Rica, aberto especialmente para o evento; a Praça Tiradentes, onde é montada uma tela ao ar livre para as sessões do Cine Cemig na Praça; e o Centro de Artes e Convenções, onde fica a sede da produção e acontecem os encontros e debates temáticos do Encontro Nacional de Arquivos e Acervos Audiovisuais Brasileiros e do Encontro da Educação: XI Fórum da Rede Kino. 

Serão exibidos filmes como o longa “Inverno” (1983), de Carlos Gerbase; e os curtas “Milagre de Lourdes” (1965), de Carlos Alberto Prates Correia; “Vestibular 70” (1970), de Vladimir Carvalho e Fernando Duarte; e “Aluminosa Espera do Apocalipse” (1980), de Rui Vezzaro, Fernando Severo e Peter Lorenzo.  Os longas “A Mulher da Luz Própria”, de Sinai Sganzerla, que documenta sua mãe, a atriz e diretora Helena Ignez; “Carvana”, de Lulu Corrêa, sobre a trajetória do ator Hugo Carnava; “Gilda Brasileiro, Contra o Esquecimento”, de Roberto Manhães Reis e Viola Scheuerer, que investiga uma estrada clandestina usada por traficantes de escravos no século XIX, “Até Onde Pode Chegar um Filme de Família”, de Rodolfo Nazareth Junqueira Fonseca, e também os curtas“Arara - Um filme sobre um filme sobrevivente”, de Lipe Canêdo, e “Sem título #5: A Rotina terá seu Enquanto”, de Carlos Adriano. 

Destaque

Na 14a Cineop "Haverá apresentação de 13 projetos latino-americanos envolvendo mulheres no audiovisual e uma mesa que trata, de uma perspectiva decolonial, a educação com o cinema no contexto escolar. Dentro da Mostra Educação, serão exibidos 34 filmes, entre curtas e longas-metragens produzidos também em sala de aula. As mesas do Fórum vão trafegar por diversas formas de representatividade e vozes de experiências singulares e distintas. Alguns dos debates são “Mulheres, terras e territórios”, com as presenças de Mãe Efigênia (Quilombo Manzo Ngunzo Kaiango) e as militantes indígenas Sandra Benites e Célia Xakriabá; “As mulheres negras e o cinema”, com Alexia Melo (arte-educadora e realizadora audiovisual), Janaína Oliveira (pesquisadora e curadora) e Makota Kidoiale (coordenadora do projeto Kizomba); “Cinema e educação: cooperação na América Latina”, com Clara Inés Suárez (Festival Cine a La Vista, Argentina), Graciela Acerbi (Cineduca, Uruguai), Regina de Assis (TV Escola, RJ) e Solange Stecz (educação audiovisual na formação de docentes, PR); e “As mulheres indígenas no cinema”, com Luisa Elvira Belaunde (Museu Nacional/UFRJ), Mari Corrêa (cineasta e diretora do Instituto Catitu, SP) e Patrícia Ferreira Pará Yxapy (realizadora audiovisual indígena e professora na Aldeia Ko’enju, RS)".
 


***

Acompanhe a 14ª CineOP - Mostra de Cinema de Ouro Preto e o programa Cinema Sem Fronteiras 2019.

Participe da Campanha #EufaçoaMostra
Na Web: cineop.com.br
No Twitter: @universoprod
No Facebook: universoproducao / CineOP
No Instagram: @universoproducao
Informações pelo telefone: (31) 3282-2366

 

SERVIÇO

 14ª CINEOP - MOSTRA DE CINEMA DE OURO PRETO | 5 a 10 de junho de 2019 

LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA

LEI ESTADUAL DE INCENTIVO À CULTURA

Patrocínio:  CEMIG |GOVERNO DE MINAS GERAIS

Parceria Cultural: Sesc em Minas

Parceria: Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP

Apoio: Oi, Instituto Universo Cultural, Café 3 Corações, Prefeitura de Ouro Preto, Embaixada da França no Brasil, Rede Globo Minas, Centro de Artes e Convenções de Ouro Preto, Canal Brasil, TV Escola e PMMG

Incentivo: SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA| MINAS GERAIS

Idealização e realização: UNIVERSO PRODUÇÃO

SECRETARIA ESPECIAL DE CULTURA| MINISTÉRIO DA CIDADANIA | GOVERNO FEDERAL 

 

LOCAIS DE REALIZAÇÃO DO EVENTO 

Cine Vila Rica

Centro de Artes e Convenções de Ouro Preto

Praça Tiradentes

::Voltar
Sala 
 Betty Faria
Com amor profundo pelo cinema, premiada em vários festivais no Brasil e no exterior