Ano 16

Tiradentes - Encerramento

Cerimônia de encerramento da 18a Mostra de Cinema de Tiradentes
Terminou ontem, sábado, 31, a 18ª Mostra de Cinema de Tiradentes.

Com um público estimado em cerca 35 mil pessoas, a Mostra apresentou uma programação intensa: muitos longas, muitos curtas, muitos seminários/debates, muitas atrações musicais.

A chuva, vez ou outra, fez com que a programação do Cine-Praça fosse transferida para o Cine-Tenda - foi o caso de "Deserto azul", de Eder Santos, ontem. Chegou a faltar energia também. Mas nada tirou o interesse do público, que lotou a tenda, a praça, o centro cultural e as ruas.

Nas mostras competitivas, “Mais do que eu possa me reconhecer", produção carioca dirigida por Allan Ribeiro, venceu o Prêmio Aurora – seu grande concorrente, pelo menos na opinião do Mulheres, foi o belo “Teobaldo morto, Romeu exilado”, produção capixaba dirigida por Rodrigo Oliveira.

O Júri da Crítica também premiou, na Mostra Foco, o curta “Estátua”, produção paulista dirigida por Gabriela Amaral Almeida – o forte concorrente, também pelo voto do Mulheres, foi o curta “Ilha”, produção paraibana de Ismael Moura.

Já o Prêmio Aquisição Canal Brasil foi para o curta “Outubro acabou”, produção paulista dirigida por Karen Akerman e Miguel Seabra Lopes.

Minas Gerais ficou com dois prêmios:  o longa “O Tempo não existe no lugar em que estamos”, produção mineira dirigida por Dellani Lima, recebeu o prêmio do Júri Jovem; e o longa “O dia do Galo”, de Cris Azzi e Luiz Felipe Fernandes, ficou com o prêmio do Júri Popular.


OS PREMIADOS DA 18ª MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES

CURTA MOSTRA FOCO - JÚRI DA CRÍTICA
"Estátua!", de Gabriela Amaral Almeida (SP)
 
AQUISIÇÃO CANAL BRASIL - CURTA MOSTRA FOCO
"Outubro Acabou", de Karen Akerman e Miguel Seabra Lopes
 
LONGA MOSTRA TRANSIÇÕES - JÚRI JOVEM
"O tempo não existe no lugar em que estamos", de Dellani Lima (MG)
 
LONGA MOSTRA AURORA - JÚRI DA CRÍTICA
"Mais do que eu possa me reconhecer", de Allan Ribeiro (RJ)
 
CURTA - JÚRI POPULAR:
"De Castigo", de Helena Ungaretti (SP)
 
LONGA - JÚRI POPULAR
"O Dia do Galo", de Cris Azzi e Luiz Felipe Fernandes (MG)
 

::Voltar
Sala 
 Betty Faria
Com amor profundo pelo cinema, premiada em vários festivais no Brasil e no exterior