Ano 16

Doce segredo de Bárbara, O, 2011, Paulo Augusto Gomes

Cineasta retoma projeto com grande atriz

Ontem foi a vez de conferir médias e curtas na 6a. Cineop - Mostra de Cinema de Ouro Preto, dentre eles O Doce Segredo de Bárbara, de Paulo Augusto Gomes. Gostei muito do curta de Gomes, sobretudo pelo foco em uma das mais talentosas atrizes mineiras: a hoje radicada em São Paulo, Yara de Novaes. O filme, na verdade, teve inicio há mais de 20 anos. Na época foi interrompido, e só agora concluído pela parceria de Paulo Augusto Gomes e o casal Fábio Carvalho e Isabel Lacerda - ele como produtor e fotógrafo, e ela como montadora nas filmagens atuais.


A trupe encontrou resultado interessante ao fazer um metafilme, intercalando imagens da época e novas filmagens com uma Yara 20 e tantos anos depois inquirindo a escritora do livro em que o filme foi baseado e também o próprio cineasta. Yara de Novaes é esplendorosa, e aqui é filmada em muito de suas potencialidades. Ótimo retorno ao set de Paulo Augusto Gomes, diretor do inesquecível Idolatrada (1983), um dos pontos altos da cinematografia mineira. E ótimas presenças de Fábio e Isabel, na fotografia e montagem desse O Doce Segredo de Bárbara.


terça-feira, 21 de junho de 2011



::Voltar
Sala 
 Léa Garcia
Dona de um talento ímpar e altivo, Léa Garcia brilha no teatro, na TV e no cinema.