Ano 16

Corpos celestes, 2009, Marcos Jorge e Fernando Severo

Rocambole melodramático

Corpos Celestes é um filme dirigido a quatro mãos por Marcos Jorge e Fernando Severo. A trama é um rocambole sobre o encontro entre um garoto sensível e um astrônomo solitário. Daí, quando ele se torna adulto, vira também um apaixonado pelos astros e cético com a humanidade. Até que se apaixona por uma misteriosa mulher, enquanto descobre seu lugar no universo. 

Misto de "O Meu Pé de Laranja Lima" com aulas no planetário, o filme investe no diálogo com o público, mas erra a mão na simplificação e no tom melodramático. É mais um exemplar daqueles filmes fofos que a gente não sabe muito bem para onde vai. Corpos Celestes é muitos passos atrás na carreira de Marcos Jorge, diretor do premiado Estômago.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010
longas brasileiros em 2010 (25)


::Voltar
Sala 
 Léa Garcia
Dona de um talento ímpar e altivo, Léa Garcia brilha no teatro, na TV e no cinema.