Ano 15

Carlos Reichenbach (Lilian Lemmertz)


Duas ou três palavras sobre Lilian



Intensa e perficiente.

Estes talvez sejam os adjetivos mais precisos que definem a presença de Lilian Lemmertz nos filmes brasileiros.

Se filmes como "As Deusas" e "O Desejo", de Walter Hugo Khouri, "Lição de Amor", de Eduardo Escorel e "Cordélia, Cordélia", de Rodolfo Nanni nos impregnaram a memória para o resto da vida, isso muito se deve à ânima emprestada por esta atriz e persona ímpar.

Poucas foram as atrizes do mundo (e da história) que souberam interpretar essencialmente com os olhos.  Qualquer close de Lilian Lemmetz em "As Deusas" diz mais que mil páginas de diálogos.
De Walter Hugo Khouri ela foi mais que atriz-personagem; foi a cúmplice perfeita, quase um alter-ego. Walter explorou à exaustão a sua força enigmática.

Lilian, a esfinge. Singular e infinita

Carlos Reichenbach é cineasta, fotógrafo e compositor de trilha sonora.

Veja também sobre ela

::Voltar
Sala 
 Sala Dina Sfat
Atriz intensa nas telas e de personalidade forte, com falas polêmicas.