Ano 15

Aurora Miranda

*20 de abril de 1915, 22 de dezembro de 2005 - *Rio de Janeiro - RJ

Cena de Alô alô carnaval, 1936, Adhemar Gonzaga
Cena de Alô alô carnaval, 1936, Adhemar Gonzaga
Cantora veterana da Era do Rádio, assim como tantas outras de suas colegas, Aurora Miranda também marcou presença no cinema brasileiro. Mesmo sem se dedicar à carreira de atriz como sua irmã, o ícone internacional Carmen Miranda, Aurora apresentou seus números musicais e também atuou em nossas telas.  

Assim com a irmã, Aurora Miranda sempre gostou de cantar. Em 1933, aos 18 anos, gravou seu primeiro disco com o grande Francisco Alves, e, de cara, emplacando um sucesso, Cai, cai balão, de Assis Valente. A partir daí, constrói uma trajetória de sucesso, faz dupla com a irmã, e lança, solo, grandes músicas como Cidade maravilhosa, em 1934. E é com essa música que estreia no cinema em 1935 no filme Alô, alô Brasil, filme carnavalesco dirigido por Wallace Downey, Alberto Ribeiro e João de Barro. Seu filme seguinte, Estudantes, é novamente dirigido por Downey, e em 1936, participa de Alô alô carnaval, marco do Estúdio Cinédia, dirigido por seu criador, o mestre Adhemar Gonzaga. Nesse filme, canta com a irmã o clássico Cantores do rádio, de João de Barro, Lamartine Babo e Alberto Ribeiro.  

Aurora Miranda acompanhou Carmen em shows no exterior. Na década de 40 casa-se, fixa residência nos Estados Unidos e abandona a carreira, retornando esporadicamente. Depois de décadas longe das telas, Aurora Miranda atua como atriz e também apresenta número musical em participação no filme Dias melhores virão, de Carlos Diegues, em 1989. Em 1995, é uma das entrevistadas no belo documentário sobre a irmã dirigido por Helena Solberg, Carmen Miranda: banana is my business.  


Filmografia

Alô, alô Brasil, 1935, Wallace Downey, Alberto Ribeiro e João de Barro
Estudantes, 1935, Wallace Downey
Alô alô carnaval, 1936, Adhemar Gonzaga
Banana da terra, 1939, Ruy Costa
Dias melhores virão, 1989, Carlos Diegues
Carmen Miranda: banana is my business, 1995, Helena Solberg

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.