Ano 15

Carmen Monegal

*19 de novembro de 1951 - Montevidéu - Uruguai


Bela e talentosa atriz, Carmen Monegal construiu importante carreira na televisão e no teatro, e com pouquíssimas, mas significativas, atuações no cinema.

Carmen Monegal nasceu em Montevidéu, no Uruguai, mas veio para o Brasil ainda na infância. A estreia em novelas se deu no grande sucesso da TV Tupi, Antônio maria, em 1968, como Marina. Depois, a atriz passou por várias emissoras, como Record, Globo, Bandeirantes e Manchete. Carmen Monegal foi casada com o ator Carlos Alberto Ricelli e um de seus grandes momentos foi contracenando com ele como como a moderna e rica Adelaide em Éramos seis (1977), de Rubens Ewald Filho e Sílvio de Abreu, na Tupi. No teatro, a atriz atuou em vários espetáculos, mas sua grande contribuição é com a fundação, na década de 1990, do "Pilgrim Gospel Theatre", companhia itinerante, e pela qual se dedica há mais de duas décadas. No cinema, estreou em Beto rockfeller (1970), dirigido por Olivier Perroy, transposição para as telas do marco que revolucionou a telenovela brasileira no final de década de 1960.

Carmen Monegal atuou em mais dois longas nos anos 1970: O cortiço (1978), de Francisco Ramalho Jr; e em Jeca e seu filho preto (1978), de Berilo Faccio e Pio Zamuner. 



Filmografia

Beto rockfeller, 1970, Olivier Perroy
O cortiço, 1978, Francisco Ramalho Jr
Jeca e seu filho preto, 1978, Berilo Faccio e Pio Zamuner

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.