Ano 15

Cláudia Abreu

*12 de outubro de 1979

Cena de Tieta do Agreste, 1996, Carlos Diegues
Cena de Tieta do Agreste, 1996, Carlos Diegues
Existe um pequeno grupo de atrizes que surgiu na década de 80 e que já atingiu tanto prestígio que só faz o que quer, seja na TV, no teatro ou no cinema; Fernanda Torres e Malu Mader são alguns exemplos. E nesse grupo está também o nome de Cláudia Abreu, uma das melhores de sua geração

Cláudia Abreu começou a carreira no teatro, onde passa pelo Tablado de Maria Clara Machado. Ainda adolescente chega à TV na novela Hipertensão, de Ivani Ribeiro, dando início a uma carreira vitoriosa na telinha. Depois de participar dos sucessos Que rei sou eu? e Barriga de aluguel, Cláudia Abreu se consagra na minissérie Anos rebeldes, de Gilberto Braga, em 1992, de quem passa a ser uma das musas e presença garantida em suas produções – sua personagem Heloísa foi musa também dos estudantes cara-pintadas, na época do impecheamment do Presidente Fernando Collor. Outro momento luminoso na TV foi no seriado A vida como ela é.  A atriz estreia no cinema na superprodução de Carlos Diegues, Tieta do agreste, filme que marca o retorno da atriz Sônia Braga ao cinema brasileiro.

Em 1997, Cláudia Abreu atua em dois filmes de grande público: O que é isso, companheiro?, de Bruno Barreto; e Guerra de canudos, de Sérgio Rezende. Destaque do filme Ed mort, no qual faz uma apresentadora infantil à la Xuxa e Angélica, Claudia Abreu começou a década de 2000 atuando em três filmes: O xangô de baker street, O homem do ano e Caminhando nas nuvens.


Filmografia

Tieta do agreste, 1996, Carlos Diegues
O que é isso, companheiro?, 1997, Bruno Barreto
Guerra de canudos, 1997, Sérgio Rezende
Ed mort, 1997, Alain Fresnot
O xangô de baker street, 2001, Miguel Faria Jr.
O homem do ano, 2003, José Henrique Fonseca
O caminho das nuvens, 2003, Vicente Amorim
Os desafinados, 2008, Walter Lima Jr
Todo mundo tem problemas sexuais, 2008, Domingos de Oliveira

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.