Ano 15

Laura Suarez

*21 de novembro de 1909, +1990 - *Rio de Janeiro - RJ

Cena de 24 horas de sonho, 1941, Chianca de Garcia
Cena de 24 horas de sonho, 1941, Chianca de Garcia
O cinema nacional foi fértil nos anos 1940 e 50, tanto em número de produções, quanto no número de artistas que brilharam nas telas. A Cinédia e a Atlântida eternizaram vários nomes em suas produções, como Laura Suarez.  

Luara Suarez - à esquerda na foto - começou sua carreira pelo teatro, onde atua em várias montagens ao lado de nomes como Fernanda Montenegro. Em 1940, estreia no cinema no filme de Ruy Costa, Céu azul. No trabalho seguinte, 24 horas de sonho, filme de Chianca de Garcia que marca a estreia cinematográfica de Dulcina de Morais, tem participação pequena, mas elogiada pela crítica. O filme é uma produção de Adhemar Gonzaga, fundador da Cinédia, onde a atriz vai atuar em seu terceiro filme, Samba em berlim, de Luiz de Barros. O lendário Lulu de Barroz dirige novamente a atriz em O malandro e a grã-fina.   

Laura Suarez dá continuidade a sua carreira cinematográfica nos anos 50, período em que atua em chanchadas como Tudo azul e Mulheres, cheguei.No anos 60, a atriz atua em duas produções internacionais, sendo uma, Carnival of crime, uma co-produção Espanha, Argentina e Brasil, dirigida por George Cahan.   


Filmografia

Céu azul, 1940, Ruy Costa
24 horas de sonho, 1941, Chianca de Garcia
Samba em berlim, 1943, Luiz de Barros
O malandro e a grã-fina, 1947, Luiz de Barros
A inconveniência de ser esposa, 1950, Samuel Markenzon
Tudo azul, 1952, Moacyr Fenelon
Mulher do diabo, 1952, Milo Harbich
Pista de grama, 1958, Haroldo Costa
Matemática zero, amor dez, 1958, Carlos Hugo Christensen
Mulheres, cheguei, 1959, Victor Lima
Carnival of crime, 1962, George Cahan

Free Music - Audio File Hosting - Perfil Laura Suarez ::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.