Ano 15

Marília Gabriela

*31 de maio de 1948 - São Paulo - SP

Cena de Gregório de mattos, 2003, Ana Carolina
Cena de Gregório de mattos, 2003, Ana Carolina
Jornalista de prestígio, Marília Gabriela intensificou a carreira de atriz e já tem filmes importantes no currículo.

Marília Gabriela iniciou sua carreira jornalística na Globo, no final da década de 1960. Responsável por grandes reportagens para o Fantástico, a consagração nacional veio mesmo foi como apresentadora do inesquecível TV mulher, nos anos 1980. Entrevistadora mais importante do país, já esteve à frente de vários programas e em várias emissoras, como Cara a cara, na Bandeirantes, De frente com gabi, no SBT, e Aquela mulher e Marília gabriela entrevista, no GNT. Tem também carreira pontual como cantora – já lançou alguns discos, ainda no formato vinil e também em CD. Marília Gabriela iniciou carreira de atriz no cinema no final da década de 1990, mas consolidou essa nova trajetória nos anos 2000. No teatro, já foi dirigida por dois importantes nomes: Gerald Thomas em Esperando beckett (2001); e Antônio Abujamra em Senhora macbeth (2007). Na TV estreou em novelas com Aguinaldo Silva em Senhora do destino (2004), e depois em Duas caras (2007). No cinema, a estreia foi como um dos disfarces do personagem Silva no filme Ed mort (1997), de Alain Fresnot.

Disposta a investir na carreira de atriz, Marília Gabriela já atuou em outros filmes – uma característica interessante é que em três foi dirigida por diretoras. Um ótimo momento nas telas é como uma das Abadessas no particularíssimo filme de Ana Carolina, Gregório de Mattos, sobre o poeta conhecido como Boca do Inferno, e que é protagonizado pelo saudoso Waly Salomão. As outras duas diretoras são Mara Mourão, em Avassaladoras (2002); e Alice de Andrade em Diabo a 4 (2004). 


Filmografia

Ed mort, 1997, Alain Fresnot
Avassaladoras, 2002, Mara Mourão
Gregório de mattos, 2003, Ana Carolina
Diabo à 4, 2004, Alice de Andrade
Sexo com amor?, 2008, Wolf Maya
Bellini e o demônio, 2008, Marcelo Galvão

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.