Ano 15

Norma Blum

*02 de outubro de 1939 - Rio de Janeiro - RJ

Cena de Vidas estranhas, 1968, Tony Rabatoni
Cena de Vidas estranhas, 1968, Tony Rabatoni
Veterana da TV, em que brilha em várias novelas desde a década de 1950, Norma Blum marca presença também no cinema nacional em mais de uma dúzia de filmes. Em sua carreira cinematográfica, recebe prêmio pela interpretação de Dália em O beijo, de Flávio Tambellini.

Norma Blum começa sua carreira nos palcos ainda criança, interpretando uma fadinha em A bela adormecida, e a partir daí não pára mais. Na TV atua em várias novelas, sendo alguns pontos altos de sua carreira a Aurélia Camargo de Senhora (1975), a Malvina de A escrava isaura (1976) e a Flau Herta de Ciranda de pedra (1981). Norma Blum estreia no cinema em Sai de baixo, dirigido por J. B. Tanko em 1956. Esse é o primeiro filme de uma carreira em que é dirigida por nomes como Eurídes Ramos, Jorge Ileli, Jece Valadão, Tereza Trautman e Flávio Tambellini. É com Tambellini que a atriz vai receber o Prêmio Cidade de São Paulo de atriz secundária pela interpretação de Dália em O beijo, adaptação cinematográfica do texto de Nelson Rodrigues.  

A partir de 1993, Norma Blum se envereda por um caminho holístico, período em que abandona a carreira na TV e no cinema, lançando vários livros de auto-ajuda e espiritualistas – um de seus trabalhos no teatro é de texto psicografado por Chico Xavier. Nos anos 2000, Norma Blum volta às novelas. Na década de 80 atua em dois filmes: Sonhos de menina moça (1987), de Tereza Trautman, e Vera (1987), de Sérgio Toledo.  


Filmografia

Sai de baixo, 1956, J.B. Tanko
Minervina vem aí, 1960, Eurídes Ramos
Cala a boca, etelvina, 1960, Eurídes Ramos
Mulheres e milhões, 1961, Jorge Ileli
O dono da bola, 1961, J.B. Tanko
Sócio de alcova - Carnival of crime, 1962, co-produção Espanha/Argentina/Brasil, George Cahan
Assassinato em copacabana, 1962, Eurídes Ramos
Plufft, o fantasminha, 1965, Romain Lesage
O beijo, 1965, Flávio Tambellini
Vidas estranhas, 1968, Tony Rabatoni
As sete faces de um cafajeste, 1968, Jece Valadão
A extorsão, 1975, Flávio Tambellini
O casamento, 1976, Arnaldo Jabor - voz
Amor de perversão, 1982, Alfredo Sternhein
Jeitosa, um assunto muito particular, 1984, Nello Rossi
Sonhos de menina moça, 1987, Tereza Trautman
Vera, 1987, Sérgio Toledo

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.