Ano 15

Paula Burlamaqui

*02 de fevereiro de 1967 - Niterói - RJ

Cena de Meteoro, 2007, Diego de la Texera
Cena de Meteoro, 2007, Diego de la Texera
Revelada como Garota do Fantástico em 1987, Paula Burlamaqui construiu uma carreira de atriz na televisão, no teatro e no cinema. Nas telas, foi dirigida, inclusive, pelo diretor que filmou as mais belas atrizes do cinema brasileiro: Walter Hugo Khouri.

Paula Burlamaqui já disse que queria ser atriz desde criança, mas o ponto de partida foi mesmo vencer o concurso do Fantástico. Daí para a frente, ela estudou para ser atriz, fez trabalhos nos palcos e na telinha – a primeira novela foi Sexo dos anjos, de Ivani Ribeiro, em 1986. Destacada como sexy-simbol – fez sucesso em 1996 na Playboy, Paula Burlamaqui fez várias novelas, sendo grandes momentos a Islene em América, de Glória Perez, em 2005, e a Teresa em O profeta, em 2007. A estreia no cinema foi em grande estilo, ao atuar em Paixão perdida, do mestre Walter Hugo Khouri, em 1996.

Em 2000, Paula Burlamaqui atuou na produção mineira O circo das qualidades humanas, dirigida por Paulo Augusto Gomes, Geraldo Veloso, Jorge Moreno e Milton Alencar. Outro bom momento nas telas foi como Trini em Viva sapato!, dirigido por Luiz Carlos Lacerda, em 2002 - com quem voltaria a atuar em curta. A atriz atuou também em longas de José Frazão - Procuradas, e de Diego de la Texera - Meteoro, e em curtas de Pedro Carvana e André Mattos.


Filmografia

Paixão perdida, 1996, Walter Hugo Khouri
O circo das qualidades humanas, 2000, Paulo Augusto Gomes, Geraldo Veloso, Milton Alencar e Jorge Moreno
Estado de alerta, 2000, curta, André Mattos
A breve estória de cândido sampaio, 2001, curta,Pedro Carvana
Viva sapato!, 2002, Luiz Carlos Lacerda
Procuradas, 2004, José Frazão
Meteoro, 2007, Diego de la Texera
Vida vertiginosa, 2009, Luiz Carlos Lacerda
Reis e ratos, 2012, Mauro Lima

Veja também sobre ela
::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.