Ano 15

Taís Araújo

*25 de novembro de 1978 - Rio de Janeiro - RJ

Cena de Garrincha - estrela solitária, 2003, Milton Alencar
Cena de Garrincha - estrela solitária, 2003, Milton Alencar
Grande revelação das telenovelas nos anos 1990, sobretudo com o papel-título em Xica da silva, Taís Araújo estreou no cinema também na mesma década.

Taís Araújo chamou atenção na novela Tocaia grande (1995), na Rede Manchete, mas foi no ano seguinte que se consagrou e fez história ao protagonizar Xica da silva aos 17 anos, na mesma emissora. Por esse papel, a atriz se tornou a primeira protagonista negra de uma novela – em 1969, Ruth de Souza interpretou a principal personagem feminina em A cabana do pai tomás, mas o personagem masculino, interpretado por Sérgio Cardoso, era o centro da ação. Em 2004, a história se repete, dessa vez como a primeira protagonista em uma novela na Globo, Da cor do pecado - faz muito sucesso em Cheias de charme. Taís Araújo estreou no cinema em 1998, no filme Drama urbano, de Odorico Mendes.

Depois de atuar em Caminho dos sonhos (1998), de Lucas Amberg, Taís Araújo entra os anos 2000 com ótimos momentos nas telas. Sua personificação de Elza Soares é ponto alto em Garrincha – estrela solitária (2003), de Milton Alencar. Seu amadurecimento como grande  atriz pode ser percebido a cada trabalho, como no marco Filhas do vento – filme protagonizado por atores negros dirigido por Joel Zito Araújo, pelo qual ganhou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante no Festival de Gramado, e como a Luciana de O maior amor do mundo (2006), belo filme de Carlos Diegues. Participou também do documentário Nizinga, de Octávio Bezerra, sobre uma princesa angolana.


Filmografia

Drama urbano, 1998, Odorico Mendes
Caminho dos sonhos, 1998, Lucas Amberg
Garrincha – estrela solitária, 2003, Milton Alencar
Filhas do vento, 2005, Joel Zito Araújo
Nizinga, 2006, Octávio Bezerra
O maior amor do mundo, 2006, Carlos Diegues
A guerra dos rocha, 2008, Jorge Fernando
Acorda Brasil, 2013, Sérgio Machado

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.