Ano 15

Cris D´Amato

*1963 - Rio de Janeiro - RJ


O filme Sem controle marcou a estreia de Cris D´Amato como cineasta.

Cris D´Amato nasceu no Rio de Janeiro, em 1963. Graduada em jornalismo, trabalhou com publicidade durante muitos anos, além de trabalhar também com teatro – em 1991, montou a companhia “Limite 151”.

Ainda em 1991, começa a trabalhar na televisão como assistente de Tizuka Yamasaki, como primeira assistente de direção da novela Amazônia, na extinta TV Manchete. Em 1997, faz outro trabalho na TV, dessa vez na Rede Globo, como diretora assistente de Daniel Filho no seriado A justiceira, protagonizado por Malu Mader.

Em 1995, Cris D´Amato começa sua carreira no cinema como assistente de direção em filmes como Buena sorte (1997), de Tânia Lamarca; Outras estórias (1997), de Pedro Bial; Memórias póstumas (1999), de André Klotzel; Amores possíveis (2000), de Sandra Werneck; Copacabana (2000), de Carla Camurati; e A máquina (2004), de João Falcão.

Nos anos 2000, inicia sua carreira de diretora assistente em filmes como Fica comigo essa noite (2005), de João Falcão; e nos filmes de Daniel Filho – Seu eu fosse você (2005), Muito gelo e dois dedos d´água (2006), Primo basílio (2007), Se eu fosse você 2 (2009), Tempos de paz (2009), e Chico xavier (2010).

Lançado em 2007, Sem controle é o primeiro filme de Cris D´Amato. Protagonizado por Eduardo Moscovis, o filme conta a história de um diretor teatral que quer montar uma peça sobre um caso ocorrido no Brasil do Século XIX, que conduziu à extinção da pena de morte no país. 

Sem controle tem no elenco as presenças das atrizes Milena Toscano, Vanessa Gerbelli e Dirce Migliaccio.

::Voltar
Sala 
 Ana Carolina
Cineasta de assinatura personalíssima e de filmografia inquietante.
Sala 
 Carmen Santos
Pioneira no cinema: atriz, cineasta, produtora, roteirista e dona de estúdio.