Ano 15

Marília Rocha

*1978 - Goiania - GO

Acervo da cineasta
Acervo da cineasta
Nascida em Goiânia (GO), em 1978, Marília Rocha é uma das documentaristas mais talentosas do país. 

Desde 1997, trocou a capital de Goiás pela capital de Minas Gerais, Belo Horizonte, para viver e trabalhar.

É uma dos integrantes da TEIA, importante produtora de Belo Horizonte.

Presença frequente em Mostras e Festivais, Marília Rocha já tem uma assinatura toda própria no cinema brasileiro. 

O início da trajetória foi fazendo curtas experimentais, como os documentários em curta Jardim fechado (2000), e Duralex sedlex, realizado em 2001 – esse último junto com Henrique Silveira e Luciane Tanure.

Em 2005, estreia em longas com Aboio, filme sobre o universo dos vaqueiros, e que a projetou no país, com exibição em vários festivais. Um deles é o Festival É Tudo Verdade, em que ganhou o prêmio de Melhor Filme em sua décima edição.

Aboio foi lançado em DVD pela Programadora Brasil.

Em 2007, Marília Rocha é convidada pela produtora Camisa Listrada para participar do longa Descaminhos. O filme é dividido em seis episódios dirigidos por cineastas diferentes, cujo tema é o trem e a linha de ferro, ainda que esse tema pudesse ser abordado de forma livre por cada realizador.

Em 2008, Marília Rocha volta a dirigir um longa, dessa vez o doc Acácio. Em 2009 dirige o premiado A falta que me faz.

Os filmes de Marília Rocha já foram exibidos em vários países, como Holanda, Argentina, Portugal, México, Chile, Peru, Cuba, Espanha, Estados Unidos – no MoMA, República Tcheca, Canadá e Suécia.

Veja também sobre ela
::Voltar
Sala 
 Ana Carolina
Cineasta de assinatura personalíssima e de filmografia inquietante.