Ano 15

Fátima Antunes

*Pernambuco

Cena de A ilha do desejo, 1975, Jean Garret
Cena de A ilha do desejo, 1975, Jean Garret
Nascida em Pernambuco, Fátima Antunes atuou em apenas quatro filmes, mas sua beleza e talento lhe reservaram espaço como uma das musas da Boca do Lixo.

Fátima Antunes já era sinônimo de beleza em Pernambuco, pois chegou a ser miss pelo Estado. O encontro com o ator, produtor e diretor David Cardoso foi decisivo para os novos rumos da bela, já que ele a escala para seus filmes em São Paulo. A estreia no cinema se dá em 1973, em duas produções protagonizadas por Cardoso: Trindad... É Meu Nome, de Edward Freund, e Caingangue – A Pontaria do Diabo, de Carlos Hugo Christensen. A atriz não passa despercebida nesses filmes, enche a tela com sua beleza morena e chama a atenção do saudoso Carlos Reichenbach, que sempre exaltou sua presença cinematográfica. A parceria com David Cardoso continua e a atuação em filmes de grandes cineastas também, pois os próximos trabalhos são dirigidos por dois dos maiores nomes da Boca do Lixo: Ozualdo Candeias e Jean Garrett.

Com Candeias, Fátima Antunes atua em um dos grandes filmes do diretor: Caçada Sangrenta (1974). Produzido pela Dacar de David Cardoso, o longa tem a cara do cineasta, que aposta em uma realidade crua e sexo sem glamourização. No filme, ele é um ex-presidiário que, depois da morte de uma milionária, foge para o interior do país, e em suas andanças encontra-se e se apaixona pela personagem de Antunes. Com Jean Garret, atua no grande sucesso de público A ilha do desejo (1975) - filme que está desaparecido -, e que marca a parceria entre Cardoso e Garrett, revelando o imenso talento do novo cineasta. O elenco de A ilha do desejo é repleto de deusas - Helena Ramos, Zaíra Bueno, Sônia Garcia, Frances Mary, Carmen Angélica – e, claro, Fátima Antunes. No filme ela é Sandra, integrante de um grupo de jovens que são recrutadas em boates para encontros eróticos em uma ilha, em trama repleta de mortes misteriosas.

Filmografia

Trindad... É Meu Nome, 1973, Edward Freund
Caingangue – A Pontaria do Diabo, 1973, Carlos Hugo Christensen
Caçada Sangrenta, 1974, Ozualdo Candeias
A Ilha do Desejo, 1975, Jean Garrett

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.