Ano 15

Mel Lisboa

*17 de janeiro de 1982 - *Porto Alegre - RS

Cena de Sonhos e desejos, 2006, Marcelo Santiago
Cena de Sonhos e desejos, 2006, Marcelo Santiago
Mel Lisboa é a protagonista de Sonhos e desejos.

Mel Lisboa causou sensação em sua estreia como atriz vivendo uma ninfeta sedutora e misteriosa em Presença de Anita. A minissérie escrita por Manoel Carlos, exibida em 16 capítulos em 2001 na Globo, tornou a atriz conhecida e desejada nacionalmente, devido ao grande apelo sexual da personagem, encarnada com entrega pela jovem atriz – sua atuação lhe rendeu vários ensaios fotográficos, inclusive uma capa da Playboy. Desejos de mulher (2002), Como uma onda (2004/2005) e Sete pecados (2007/2008) foram alguns dos outros trabalhos na Globo – protagoniza também a minissérie Sansão e Dalila (2011) na Record. No teatro, atua em espetáculo como Há vaga para moças de fino trato (2002), A mulher do candidato (2008) e Mulheres alteradas (2010).A estreia no cinema se dá em A cartomante (2004), de Wagner de Assis e Pablo Uranga, segunda adaptação pelo cinema de conto homônimo de Machado de Assis, em que ela interpreta Vitória. Depois, atua em O casamento de Romeu e Julieta (2005), de Bruno Barreto, como Joana.

Mas é em Sonhos e desejos (2006), que Mel Lisboa faz sua protagonista no cinema. Dirigido por Marcelo Santiago, e produzido por Lucy e Luiz Carlos Barreto, o filme é uma adaptação do romance Balé da utopia, de Álvaro Caldas. No filme ela é Cristina e Clara, nome real e nome de guerra, já que ela é namorada de um integrante de um grupo de guerrilheiros da luta armada na época da ditadura militar. Destacada para cuidar de um militante ferido, ela acaba se envolvendo com ele, instalando-se um inesperado triângulo amoroso. Por sua interpretação, Mel Lisboa ganhou o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Gramado de 2006.


Filmografia

A cartomante, 2004, Wagner de Assis e Pablo Uranga
O casamento de Romeu e Julieta, 2005, Bruno Barreto
Sonhos e desejos, 2006, Marcelo Santiago
Ao vivo, 2008, curta, Antonio Guerino e Peppe Siffredi
G.A.D.O., 2013, Antonio Ciambra

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.