Ano 15

Isa Albuquerque

*13 de outubro de 1961 - Lago do Junco - MA

Foto: Site Companhia Íris Cinematográfica/Divulgação
Foto: Site Companhia Íris Cinematográfica/Divulgação
Isa Albuquerque nasceu em 13 de outubro de 1961, em Lago do Junco, Maranhão.

Graduada em Jornalismo, começa carreira na área na TVE do Maranhão, onde permanece de 1987 a 1991.

O crepúsculo do verde, sobre meio ambiente e destruição, é um dos documentários realizados para a televisão: Associação Brasileira de Documentaristas. Troféu ABD; Conselho Nacional de Cineclubes - Troféu Macunaíma; Troféu Guarnicê de Júri Popular – São Luís, 1987.  Os devotos e o tambor é outro dos trabalhos da época: Festival Guarnicê de Cinevídeo - Troféu Guarnicê de melhor vídeo pelo júri técnico (em 1989).

Isa Albuquerque muda-se para o Rio de Janeiro, realiza, entre outros,  documentários para a série Homem natureza, na TVE do Rio, onde fica até 2000.

Realiza o média-metragem A quarta dimensão de Clarice Lispector, docudrama premiado no Guarnicê de Cinema: Melhor Documentário; Melhor Roteiro; Melhor Direção de Arte e Melhor Direção; Prêmio Especial Estúdios MEGA; e Prêmio UERJ.

Em 1994, funda a Companhia Íris Cinematográfica, voltada para produções para o cinema e para a TV - uma das realizações da produtora é o Ibracine Íbero - Brasil Cine Festival.

Isa Albuquerque estreia como diretora de longa com Histórias do olhar (2001). O filme é dividido em quatro episódios - inveja, rancor, medo e amor - e tem no elenco nomes como Eliane Giardini, Alice Borges, Cissa Guimarães, Walmor Chagas, Jonas Bloch, Arduíno Colassanti, Maria Lúcia Dahl e Joana Medeiros.

Histórias do olhar recebeu o prêmio do público de Melhor Filme no Festival de Cinema Latino-Americano de Trieste, Itália, em 2001 – foi premiado ainda como Melhor Filme na Espanha e para o elenco no Festival de Recife.

O segundo longa é Ouro negro (2009), que tem no elenco Danton Mello, Thiago Fragoso, Maria Ribeiro, Luísa Curvo, Chico Diaz, Daniel Dantas, Odilon Wagner e Mallu Galli.

Baseado em fatos reais, o filme conta a história de pioneiros da indústria do petróleo no Brasil.

::Voltar
Sala 
 Ana Carolina
Cineasta de assinatura personalíssima e de filmografia inquietante.