Ano 15

Jussara Calmon

*17 de fevereiro - *Colatina - ES

Cena de A longa noite do prazer, 1983, Afrânio Vital
Cena de A longa noite do prazer, 1983, Afrânio Vital
Jussara Calmon é uma das protagonistas do marco Coisas Eróticas.

Jussara Calmon teve uma infância difícil, fugiu de casa aos 12 anos, viveu nas ruas, passou pelo bordel, e, felizmente, reverteu seu destino. Filha de uma mãe que havia trabalhado no circo, herda dela o desejo de se tornar artista, e acaba conseguindo: é destaque no carnaval carioca, faz shows e viaja pelo mundo, torna-se atriz de teatro, televisão e cinema. No início da década de 1980, atua como bailarina no show Brasil Canta e Dança, de Haroldo Costa, e faz apresentações em hotéis no Brasil e em vários países. Torna-se uma das musas do carnaval carioca e faz muito sucesso nos desfiles de fantasia. A primeira participação no cinema foi como bailarina no filme Luz del Fuego (1981), de David Neves, sobre a famosa vedete interpretada por Lucélia Santos. Como atriz atua no cinema carioca em filmes de Milton Alencar Jr. – Escalada da violência (1981), de Neville D´Almeida – Rio babilônia (1982), e de Afrânio Vital – A longa noite do prazer (1983) e Estranho jogo do sexo (1983), em que tem destaque. É em São Paulo, na Boca do Lixo, que a atriz vai se consagrar ao ser uma das protagonistas do primeiro filme de sexo explícito lançado no Brasil, o clássico do gênero Coisas eróticas (1981), de Raffaele Rossi. Sucesso estrondoso de bilheteria, o filme não estigmatiza a atriz, que desenvolve carreira em outros filmes, no teatro e em novelas da Globo – a primeira participação é em A gata comeu (1985), depois em novelas como Mandala (1987/88) e Despedida de solteiro (1992/93), como Dorinha. A atriz segue carreira no cinema, atuando em produções em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Na Boca do lixo, Jussara Calmon atua em vários filmes de Ary Fernandes – Cassino dos bacanais (1981), A fábrica de camisinhas (1981/82), As vigaristas do sexo (1982). Trabalha também com Conrado Sanchez em A menina e o estuprador (1982), como Dalva; com Osvaldo de Oliveira em Bacanais na ilha das ninfetas (1982), e com Francisco Cavalcanti em Ivone, a rainha do pecado (1983). Jussara Calmon atua ainda em filmes de Marcos Lyra, Vital Filho, Hércules Breseghelo, Rubem Rey e Célio Gonçalves. A atriz lançou sua biografia. Jussara Calmon: Muito Prazer, escrita por Fábio Fabrício Fabretti.


Filmografia

Luz del Fuego, 1981, David Neves
Escalada da violência, 1981, Milton Alencar Jr.
Coisas eróticas, 1981, Raffaele Rossi
Cassino dos bacanais, 1981, Ary Fernandes
A fábrica de camisinhas, 1981/82, Ary Fernandes
As vigaristas do sexo, 1982, Ary Fernandes
A menina e o estuprador, 1982, Conrado Sanchez
Bacanais na ilha das ninfetas, 1982, Osvaldo de Oliveira
Rio babilônia, 1982, Neville D´Almeida
A longa noite do prazer, 1983, Afrânio Vital
Estranho jogo do sexo, 1983, Afrânio Vital
Depravados em fúria, 1983, Marcos Lyra
Ivone, a rainha do pecado, 1983, Francisco Cavalcanti
Clube do sexo, 1984, Rubem Rey
Coisas eróticas II, 1984, Raffaele Rossi
Mulheres insaciáveis, 1984, Vital Filho
Bacanal na ilha da fantasia, 1984, Hércules Breseghelo
A boca do prazer, 1984, Célio Gonçalves

Veja também sobre ela
::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.