Ano 15

Tania Boscoli

*22 de janeiro de 1963 - *São Paulo - SP

Cena de As sete vampiras, 1986, Ivan Cardoso
Cena de As sete vampiras, 1986, Ivan Cardoso
Tania Boscoli é uma das musas do delicioso cinema de David Cardoso.

Tania Boscoli tem formação em teatro e em dança. Formada pela Escola de Teatro Martins Penna, fez vários outros cursos, entre eles Pesquisa de Linguagem Cênica, na Uni-Rio, e oficinas de texto dramático, de máscaras e de Butô. Nos palcos tem trabalhos importantes e foi dirigida por grandes nomes do teatro: José Renato em Rasga coração (1979); Antunes Filho em Macunaíma (1980/81); Paulo Afonso de Lima em Broadway Blues: a fantástica vida de Tenessee Williams (2001). Na dança, participou de apresentação do Grupo Noves Fora, em 1978, em coreografia de Susana Braga, e de Bolero de Ravel, com direção de Maurice Béjart. A estreia na televisão é na Globo em episódio do Sítio do picapau amarelo, em 1980, e a primeira novela é O sétimo sentido (1982), como Alba. Depois atua em outras novelas e minisséries em várias emissoras – Tenda dos milagres (1985) e Insensato coração (2011), na Globo; Tocaia grande (1996/97) e Mandacaru (1998/99) na Manchete; Prova de amor (2005/2006) na Record. A atriz estreia no cinema em O gigante da América (1980), de Júlio Bressane.

Em seu segundo filme, Tania Boscoli encontra o deliciosa Terrir – Terror + Rir – de Ivan Cardoso, com o qual atua no ótimo O segredo da múmia (1981). Depois ela se tornará presença marcante em vários filmes do cineasta: é Ivete em Sábado quente, episódio do longa Os bons tempos voltaram: vamos gozar outra vez (1984); é uma vampirete no ótimo As sete vampiras (1986); e é Maria em Um lobisomem na Amazônia (2005). A atriz tem destaque no sucesso juvenil Menino do Rio (1981), de Antonio Calmon, como Sandra; em Rio Babilônia (1982), de Neville D´Almeida; e também na grande produção Gabriela, cravo e canela (1983), de Bruno Barreto, com Sônia Braga e Marcello Mastroianni, em que faz Glória, a mulher da janela. Tania Boscoli atua também em Com licença, eu vou à luta (1986), de Lui Farias, como Cida, e em Um trem para as estrelas (1987), de Carlos Diegues, como Bel. Participa ainda de O quinto macaco (1990), coprodução Brasil/Estados Unidos dirigida por Éric Rochat e protagonizada por Bem Kingsley.


Filmografia

O gigante da América, 1980, Julio Bressane
O segredo da múmia, 1981, Ivan Cardoso
Menino do Rio, 1981, Antonio Calmon
Rio Babilônia, 1982, Neville D`Almeida
Gabriela, cravo e canela, 1983, Bruno Barreto
Os bons tempos voltaram: vamos gozar outra vez, episódio Sábado quente, 1984, Ivan Cardoso
As sete vampiras, 1986, Ivan Cardoso
Com licença, eu vou à luta, 1986, Lui Farias
Um trem para as estrelas, 1987, Carlos Diegues
O quinto macaco, 1990, Éric Rochat
Um lobisomem na Amazônia, 2005, Ivan Cardoso

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.