Ano 15

Patrícia França

*28 de setembro de 1971 - *Recife - PE

cena de Orfeu, 1999, Carlos Diegues
cena de Orfeu, 1999, Carlos Diegues
Patrícia França é Eurídice em Orfeu, de Carlos Diegues.

Patrícia França já mostrava seus dotes artísticos ainda criança nos tempos de colégio, e depois, a partir da adolescência, intensifica a carreira no teatro – A ver estrelas (1985) e Terceiras intenções (2002) são alguns de seus trabalhos nos palcos. A consagração vem já com o primeiro papel na televisão, em 1992, depois de passar nos testes da Globo que procuravam a protagonista da minissérie Tereza Batista, escrita pelo veterano Vicente Sesso, adaptada do romance de Jorge Amado. Começa aí destacada carreira em novelas como a Maria Santa em Renascer (1993), a Cláudia em Sonho meu (1993/94), a Clarice em Suave veneno (1999), e a Rosa em A escrava Isaura (2004/2005). A atriz tem dois vídeos registrados em sua carreira – A última terra (1991), e Contos do balneário (1992), ambos de Marco Hanois. A estreia no cinema em longas é vivendo outra personagem em trama de Jorge Amado, no filme Tieta do Agreste (1996), de Carlos Diegues, em que vive Imaculada e também a personagem título em sua fase jovem, depois interpretada na maturidade por Sônia Braga, que retornava ao cinema brasileiro como protagonista.

Em seu segundo filme, Patrícia França volta a ser escalada por Carlos Diegues, dessa vez para viver a protagonista de Orfeu (1999), ao lado do cantor e ator Toni Garrido. No filme ela é Eurídice, a heroína trágica da peça teatral Orfeu da Conceição, de Vinícius de Moraes, que vive um amor de vida e de morte com Orfeu. A atriz volta a viver uma protagonista em As tranças de Maria (2002), de Pedro Carlos Róvai, como a Maria do título, uma camponesa a frente de seu tempo e do meio em que vive, em filme baseado em poema de Cora Coralina. Patrícia França atua em Flordelis: basta uma palavra para mudar (2009), docudrama dirigido por Anderson Corrêa e Marco Antônio Ferraz, sobre uma pastora, professora e mãe de 45 filhos, sendo quatro deles biológicos.


Filmografia

Última terra, 1991, vídeo, Marco Hanois
Contos do balneário, 1992, vídeo, Marco Hanois
Tieta do Agreste, 1996, Carlos Diegues
Orfeu, 1999, Carlos Diegues
Chega de cansaço, 2000, curta, Marco Hanois
As tranças de Maria, 2002, Pedro Carlos Róvai
Flordelis: basta uma palavra para mudar, 2009, Anderson Corrêa e Marco Antônio Ferraz

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.