Ano 15

Luciana Rigueira

*22 de novembro de 1977 - *Campo Grande - RJ

Cena de Brava gente brasileira, 2000, Lucia Murat
Cena de Brava gente brasileira, 2000, Lucia Murat
Luciana Rigueira é atriz premiada nos festivais de Gramado e de Brasília.

Luciana Rigueira é talentosa e premiada atriz com carreira no teatro, na televisão e no cinema, além de ser também escritora de livros para crianças – Vovô me deu um bolo, O abraço de Antônio, O mistério da mamãe e O barco do João.   Nos palcos, um de seus espetáculos é Boom, ao lado de Jorge Fernando,  e na televisão atuou em novelas como Mulheres apaixonadas (2003), como Odete, e Alma gêmea (2005/2006), como Jacira.  A estreia no cinema é em grande estilo em Quem matou Pixote? (1996), de José Jofilly. No filme ela é Cida, esposa de Fernando Ramos da Silva, vivido por Cassiano Carneiro, que quando criança foi menino pobre que conheceu o estrelato ao protagonizar o clássico Pixote, a lei do mais fraco (1980), de Hector Babenco, e atuar em novelas. Ao ficar adulto, acaba se envolvendo na criminalidade e é assassinado barbaramente pela polícia com oito tiros em 1987. Pela sua interpretação, ela recebeu o Prêmio de Melhor Atriz no Festival de Gramado, em 1996 – o filme recebe também os prêmios de Melhor Ator, Melhor Roteiro, Melhor Fotografia, Melhor Música e Melhor Filme no festival.

Luciana Rigueira é mais uma vez protagonista em seu segundo filme, Fica comigo (1996), de Tizuka Yamasaki. O filme focaliza o difícil e turbulento período da adolescência na história da relação entre uma jovem e seu pai adotivo, interpretado por Antônio Fagundes. E é ao ser dirigida por outra cineasta, a politizada Lúcia Murat, que a atriz será premiada mais uma vez como Melhor Atriz, dessa vez no prestigiado Festival de Brasília, pelo filme Brava gente brasileira (2000). No filme ela é a índia Ánote, em trama que focaliza no século XVIII o embate entre portugueses e índios. No infantil Tainá, uma aventura na Amazônia (2001), Luciana Rigueira volta a interpretar um índia, Tikiri, em filme de sucesso dirigido por Tânia Lamarca e Sérgio Bloch.


Filmografia

Quem matou Pixote?, 1996, José Joffily
Fica comigo, 1996, Tizuka Yamasaki
Brava gente brasileira, 2000, Lúcia Murat
Tainá , uma aventura na Amazônia, 2001, Tânia Lamarca e Sérgio Bloch

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.