Ano 15

Maria Helena Salles

*Rio de Janeiro - RJ

Crédito: Publicação Quem é Quem/Cristina Costa
Crédito: Publicação Quem é Quem/Cristina Costa
A cenógrafa, figurinista e diretora de arte Maria Helena Salles nasceu no Rio de Janeiro (RJ).

Irmã do cineasta Murilo Salles, tem carreira nas três áreas em filmes de curta-metragem e em longas, como também em trabalhos para a televisão.

Na década de 1980, Maria Helena Salles trabalhou em filmes de cineastas de diferentes linguagens.

Com os Trapalhões, divide a cenografia com Marco Antônio Rocha em Os trapalhões e o mágico de Oróz (1984), dirigido por Dedé Santana e Victor Lustosa.

Maria Helena Salles tem ótimo encontro com Arnaldo Jabor no belo Eu sei que vou te amar (1986), protagonizado por Fernanda Torres e Thales Pan Chacon, vencedor no Festival de Cannes com o prêmio de Melhor Atriz. No filme, ela assina a ótima cenografia com Sérgio Silveira.

Com Lael Rodrigues, diretor de filmes musicais para jovens, atuou como diretora de arte de Rádio Pirata (1987).

Já com o cartunista Henfil, ela assinou o figurino e a cenografia do único filme que ele dirigiu, o satírico Tanga - deu no New York Times (1987) – Prêmio de Melhor Cenografia no I Festival de Natal, em 1987.

A parceria com o irmão, Murilo Salles, garante o prêmio de Melhor Cenografia no Festival de Gramado, em 1989, pelo filme Faca de dois gumes (1989). Adaptado de romance de Fernando Sabino, o filme policial é protagonizado por Paulo José.

Em 1991, assina o figurino de República dos anjos (1991), uma superprodução dirigida por Carlos del Pino e que não foi lançada comercialmente na época devido a desentendimentos entre o diretor e o produtor espanhol, sendo exibido apenas nos festivais de Gramado e de Brasília.

Em 1992, assina o figurino do curta Lapso, de Marcos Guttmann.

Maria Helena Salles volta a se reunir com Murilo Salles no impactante Como nascem os anjos (1996), assinando o figurino do filme.

::Voltar
Sala 
 Carmen Santos
Pioneira no cinema: atriz, cineasta, produtora, roteirista e dona de estúdio.