Ano 15

Tatiana Issa

*16 de janeiro de 1974 - *São Paulo - SP

Cena de O guarani, 1996, Norma Bengell
Cena de O guarani, 1996, Norma Bengell
Tatiana Issa é atriz de filmes como O guarani e uma dos diretores de Dzi Croquettes.

Tatiana Issa cresceu em ambiente artístico. Filha do cenógrafo e iluminador Américo Issa, do grupo de artistas performáticos Dzi Croquettes, viveu e conviveu com a trupe desde criança. A carreira de atriz começa na infância, com trabalhos no teatro e na televisão. Estreia em novelas na TV Globo em Guerra dos sexos (1983/84), de Sílvio de Abreu, como a garota Cissa Marino, filha do personagem de Herson Capri. Passa de atriz mirim a atriz adulta em outras produções da emissora como O fim do mundo (1996), de Dias Gomes, como Maria do Socorro, Hilda Furacão (1998), de Glória Perez, como Dorinha, e O quinto dos infernos (2002), de Carlos Lombardi, como Urbana. No teatro, A falecida, de Nelson Rodrigues, dirigida por Gabriel Villela e protagonizada por Maria Padilha, e Sapatinho de cristal, dirigida por Cláudio Tovar, são alguns de seus trabalhos. A estreia no cinema é em Jubiabá (1985/87), uma adaptação da obra de Jorge Amado dirigida por Nelson Pereira dos Santos.

Em seu segundo longa, Tatiana Issa é Ceci, a protagonista de O guarani (1996), ao lado de Márcio Garcia, dirigido pela atriz e cineasta Norma Bengell. A atriz vive a jovem nobre que se apaixona pelo índio Peri, em trama adaptada do clássico romance de José de Alencar.  Tatiana Issa funda, com Raphael Alvarez, a Tria Productions, com produção e direção de programas para a televisão e filmes. A estreia como diretora de cinema é com o média-metragem Medusa (2005). Outros trabalhos da produtora são os documentários Parintins (2006) e Tempo. Em 2009, Tatiana Issa dirige com Raphael Alvarez – e é também a narradora - o ótimo Dzi Croquettes, documentário que foi exibido em vários festivais e recebeu mais de 25 prêmios. O filme focaliza a trupe de talentosos bailarinos performáticos que sacudiram o país na década de 1970, tanto no campo artístico como no comportamental e político, influenciando outros artistas como Ney Matogrosso, Miguel Fallabella, Betty Faria, Jorge Fernando, As Frenéticas e a americana Liza Minelli.


Filmografia

Jubiabá, 1985/87, Nelson Pereira dos Santos
O Guarani, 1996, Norma Bengell
Medusa, 2005, Tatiana Issa
Parintins: amor de boi, 2006, Tatiana Issa
Dzi Croquettes, 2009, Tatiana Issa e Raphael Alvarez

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.
Sala 
 Ana Carolina
Cineasta de assinatura personalíssima e de filmografia inquietante.