Ano 15

Mariah Teixeira

*14 de janeiro de 1985 - *João Pessoa - PB

Cena de Baixio das bestas, 2006, Cláudio Assis
Cena de Baixio das bestas, 2006, Cláudio Assis
Mariah Teixeira é ótima presença em Baixio das bestas.

Mariah Teixeira começou a carreira estudando teatro no Rio de Janeiro, quando ingressa na CAL – Casa de Artes Laranjeira. É filha do ator e escritor Tavinho Teixeira, que sempre a incentivou a se tornar atriz. Convidada pela produção do filme Baixio das bestas (2006), estreia no cinema como Auxiliadora, a adolescente que é explorada sexualmente pelo avô. Mesmo sem nenhuma experiência no cinema, a atriz recebeu o convite, pois a produção procurava uma jovem para viver a personagem de 16 anos, mas que fosse maior de idade devido às cenas fortes do filme. Pela sua participação, ela foi eleita Melhor Atriz no disputado Festival de Brasília, em 2006. A atriz atua também no teatro, e A frente fria que a chuva traz, do Grupo Nós no Morro, é um dos seus espetáculos. Em Se nada mais der certo (2008), o cineasta José Eduardo Belmonte reuniu algumas das mais talentosas e jovens atrizes do cinema brasileiro: Caroline Abras, Luiza Mariani, Leandra Leal, Tainá Muller, Justine Otondo e, claro, Mariah Teixeira. Caroline Abras é a protagonista, ao lado de Cauã Reymond e de Luíza Mariani, cabendo às outras atrizes pequenas, mas marcantes, participações. Mariah faz uma fiscal da luz que vai visitar o apartamento caótico em que os protagonistas vivem.

Mariah Teixeira atua nos curtas Lembrança (2009), de Maurício Osaki, premiado no Festival de Brasília, em 2009, com os prêmios de Melhor Direção e Melhor Fotografia; e Quinteto de cordas (2010), de Bruno Mello Castanho.  A atriz faz uma participação como uma prostituta em Corpo presente (2011), de Marcelo Toledo e Paulo Gregori, uma homenagem a sua personagem em Baixio das bestas. Mariah Teixeira é uma dos protagonistas de Luzeiro volante (2013), um road movie dirigido por seu pai, Tavinho Teixeira, que também atua e assina o roteiro junto com Fred Teixeira.


Filmografia

Baixio das bestas, 2006, Cláudio Assis
Se nada mais der certo, 2008, José Eduardo Belmonte
Lembrança, 2009, curta, Maurício Osaki
Quinteto de cordas, 2010, curta, Bruno Mello Castanho
Corpo presente, 2011, Marcelo Toledo e Paulo Gregori
Luzeiro volante, 2013, Tavinho Teixeira

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.