Ano 15

Ana Schlee

Credito: Publicação Quem é Quem/Filme B
Credito: Publicação Quem é Quem/Filme B
A cenógrafa Ana Schlee é graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFRJ.

O começo de sua trajetória no cinema foi como assistente de direção de arte em A floresta das esmeraldas (1985), filme dirigido pelo cineasta inglês John Boorman rodado na Amazônia, e que marcou a estreia no cinema da atriz Dira Paes.

Depois trabalha na produção americana com filmagens no Brasil Where the River Runs (1986), de Christopher Cain.

A primeira cenografia é no belo filme Ele, o boto (1987), de Walter Lima Jr.

No cinema brasileiro, trabalha em várias produções para o público infantil e juvenil.
Assina a cenografia de vários filmes protagonizados pela apresentadora Xuxa Meneghell: Xuxa popstar (2000), de Paulo Sérgio Almeida; Xuxa e os duendes (2001), de Paulo Sérgio Almeida; Xuxa e os duendes 2 – no caminho das fadas (2003), de Paulo Sérgio Almeida; Xuxa e o tesouro da cidade perdida (2004), de Moacyr Góes; Xuxinha e Guto contra os monstros do espaço (2005), de Clewerson Saremba; e Xuxa gêmeas (2006), de Jorge Fernando.

No mesmo universo infantil, trabalha com Renato Aragão e assina a cenografia de Didi, o caçador de tesouros, de Marcus Figueiredo, e o desenho de produção de O cavaleiro Didi e a princesa Lili (2006), de Marcus Figueiredo.

Já em produção para o público juvenil, trabalha em Um show de verão (2003), dirigido por Moacy Góes e protagonizado pela apresentadora e atriz Angélica e o apresentador Luciano Huck.

Em filmes de temática adulta, assina a cenografia de Dom, 2003, filme de Moacyr Góes inspirado em Dom Casmurro, de Machado de Assis.

Com o mesmo diretor, é a cenógrafa de Irmãos de fé (2004), filme protagonizado por Thiago Lacerda, e que conta com a presença do Padre Marcelo Rossi no elenco.

Outro trabalho da cenógrafa é a comédia Trair e coçar é só começar (2006), também de Moacyr Góes, uma adaptação cinematográfica da peça de grande sucesso nos palcos.

Em 2005, trabalha com a cineasta e atriz Eliana Fonseca no filme Coisas de mulher, e com Ivan Cardoso em um Lobisomem na Amazônia.

A cenógrafa volta a trabalhar com Moacyr Góes em Destino (2009), e em Bonitinha mas ordinária (2012).

::Voltar
Sala 
 Carmen Santos
Pioneira no cinema: atriz, cineasta, produtora, roteirista e dona de estúdio.