Ano 15

Denise Weinberg

*26 de abril de 1956 - *Rio de Janeiro – RJ

Cena de Salve geral, 2009, Sérgio Rezende
Cena de Salve geral, 2009, Sérgio Rezende
Denise Weinberg é a Ruiva em Salve geral.

Denise Weinberg começou a carreira no teatro. É uma das fundadoras do Grupo Tapa, em 1979, importante companhia teatro na qual permaneceu durante 25 anos. A estreia nos palcos é no espetáculo infantil Apenas um conto de fadas, de Eduardo Tolentino - depois, atua em muitas peças, como Vestido de noiva, A megera domada, Navalha na carne, Ivanov. Ao se desligar do grupo, atua em outros trabalhos, como O acidente, As lágrimas amargas de Petra von Kant, Oração para um pé de chinelo – pelo qual recebeu o Prêmio Shell de Melhor Atriz. A estreia no cinema é em Guerra dos Canudos (1998), de Sérgio Rezende, em que faz a personagem Margot. A partir daí, a atriz vai trabalhar em vários filmes do cineasta: faz uma participação em Mauá – o imperador e o rei (1999); é Idalina em Quase nada (2000); e atua também em Onde anda você? (2003). A atriz estreia na televisão na notável série Alice, da HBO, em que interpreta Dora, personagem que vive relação amorosa com Luli, de Regina Braga. Atua na Globo em minisséries – Maysa – quando fala o coração (2009) e Dalva e Herivelto, uma canção de  amor (2010) - e na novela Amor eterno amor (2012). A atriz atua em curtas e também nos longas Lost Zweig (2002), de Sylvio Back, e em Linha de passe (2008), de Walter Salles e Daniella Thomas.

Denise Weinberg volta a se encontrar com o cinema de Sérgio Rezende em Salve geral (2009), em que vive seu grande personagem no cinema. Na história, uma mãe (Andréia Beltrão) tem o filho preso e acaba se envolvendo com o crime para libertá-lo, em trama inspirada no ataque que o PCC – Primeiro Comando da Capital - realizou em São Paulo. A atriz interpreta Ruiva, mulher que faz a ponte entre os bandidos presos e a rua, e que se aliará à personagem de Andréia. Denise Weinberg atua ainda nos grandes sucessos de bilheteria De pernas pro ar (2010) e De pernas pro ar 2 (2012), de Roberto Santucci, e em filmes de cineastas como Gustavo Galvão - Nove crônicas para um coração aos berros, e Rubens Rewald - Super Nada.


Filmografia

Guerra de Canudos, 1998, Sérgio Rezende
Mauá, o imperador e o rei, 1999, Sérgio Rezende
Quase nada, 2000, Sérgio Rezende
BMW vermelho, 2001, curta, Reinaldo Pinheiro e Edu Ramos
Lost Zweig,2002, Sylvio Back
Em nome do pai, 2002, curta, Júlio Maria Pessoa
Lara, 2002, Ana Maria Magalhães
My father, rua Alguém 5555, 2003, Egidio Eronico
Onde anda você?, 2003, Sérgio Rezende
De resto, 2007, curta, Daniel Chaia
Linha de passe, 2008, Walter Salles e Daniela Thomas
Salve geral, 2009, Sérgio Rezende
Estação, 2010, curta, Márcia Faria
De pernas pro ar, 2010, Roberto Santucci
Segundo movimento para piano e costura, 2011, Marco Aurélio del Fiol
Nove crônicas para um coração aos berros, 2012, Gustavo Galvão
Super Nada, 2012, Rubens Rewald
De pernas pro ar 2, 2012, Roberto Santucci

Veja também sobre ela
::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.