Ano 15

Viviane Porto

*02 de janeiro de 1980 - *São Paulo – SP


Viviane Porto estreou no cinema em Garotas do ABC.

Viviane Porto tem formação em dança clássica, modalidade em que participou de apresentações em festivais. A estreia como atriz se deu na adolescência, aos 16 anos, na peça Bichos do Brasil, do Grupo Parlapatões.  Depois, atua em outros espetáculos, como Trilogia Oréstia, O rinoceronte e Um bonde chamado desejo. A estreia na televisão é na Record como Amanda Rangel na novela Louca paixão (1999), de Yves Dumont. Sua segunda novela é Amor e ódio (2001/2002), no SBT, em que interpreta Brenda, indo depois para a Globo, na qual atua na minissérie A casa das sete mulheres (2003), de Maria Adelaide Amaral e Walter Negrão, como Zefina, e na novela Chocolate com pimenta (2003/2004), de Walcyr Carrasco, como Inácia. A atriz estreia no cinema em Garotas do ABC – Aurélia Schwarzenega (2003), de Carlos Reichenbach.

Viviane Porto é Indalércia em Garotas do ABC. Protagonizado por Michelle Valle, a Aurélia do subtítulo, o filme focaliza várias operárias de uma tecelagem da periferia. Na trama, Indalércia é jovem extrovertida e de sorriso solto, que protagoniza cena de briga com a personagem de Fernanda Carvalho Leite


Filmografia

Garotas do ABC – Aurélia Schwarzenega, 2003, Carlos Reichenbach.

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.