Ano 15

Mylla Christie

*10 de junho de 1971 - *São Paulo – SP

Cena de Paixão perdida, 1999, Walter Hugo Khouri
Cena de Paixão perdida, 1999, Walter Hugo Khouri
Mylla Christie é Anna em Paixão perdida.

Mylla Christie tem trabalhos na televisão como atriz e como apresentadora de televisão – nessa função, esteve à frente do Clube da Criança, na extinta TV Manchete. A estreia em novelas ocorre em Meu bem, meu mal (1991), de Cassiano Gabus Mendes, como Jéssica. A consagração vem com a Cilene da minissérie Engraçadinha... seus amores e seus pecados (1995), uma adaptação do romance de Nelson Rodrigues por Leopoldo Serran. Depois, a atriz alterna trabalhos na Globo e na Record – um dos destaques é como a médica homossexual Eleonora em Senhora do destino (2004/2005), de Aguinaldo Silva, em que faz par romântico com a personagem de Bárbara Borges. A atriz chega ao cinema no final da década de 1990 em um curta, Pobres por um dia (1998), primeiro filme de André Ristum; e no longa Paixão perdida (1999), de Walter Hugo Khouri.

Mylla Christie é Anna em Paixão perdida. No filme, ela é a protagonista ao lado de Antônio Fagundes, como Marcelo, rico empresário que a contrata como enfermeira para cuidar de seu filho de 12 anos, Marcelino, que vive alheio a tudo e a todos depois do acidente em que ele presenciou a morte da mãe. O filme é o último de Walter Hugo Khouri, um dos maiores cineastas brasileiros de todos os tempos, que falece poucos anos depois, em 2003. A atriz atua nos longas Condenado à liberdade (2000), de Emiliano Ribeiro, como Ângela, e Os cristais debaixo do trono (2001), de Del Rangel. Mylla Christie é uma das protagonistas de As doze estrelas (2009), de Luís Alberto Pereira, como Sandra Bis, em trama em que cada personagem feminina corresponde a um signo do zodíaco e participa de um teste com um astrólogo interpretado por Leonardo Brício.


Filmografia

Pobres por um dia, 1998, curta, André Ristum
Paixão perdida, 1999, Walter Hugo Khouri
Condenado à liberdade, 2000, Emiliano Ribeiro
Os cristais debaixo do trono, 2001, Del Rangel
O caso Morel, 2006, curta inacabado, Scheila Feital
As doze estrelas, 2009, Luís Alberto Pereira

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.