Ano 15

Aida Lener

*1964 - Rio de Janeiro - RJ

cena de Vera, 1986, Ségio Toledo
cena de Vera, 1986, Ségio Toledo

A década de 1980 foi um período de  filmes de sucesso, tanto de público quanto de crítica, até o ex-presidente Fernando Collor subir ao poder e  quase destruir o cinema brasileiro.  A carioca Aida Leiner teve papel de destaque em três notáveis trabalhos destes anos. 


Nascida no Rio de Janeiro, mas criada em São Paulo, Aida Leiner começou sua carreira artística no teatro. Nesse veículo, trabalha com Antunes Filhos, um dos nossos mais importantes diretores. A atriz chega a televisão e ao cinema na década de 80, sendo que na telinha estréia em Mandala (1987), de autoria de Dias Gomes – um de seus bons momentos foi na novela Vamp (1991), de Antonio Calmon. Aida Leiner estreia nas telas do cinema nacional em 1986 em um grande filme: Vera, de Sérgio Toledo. Na trama, ela faz uma personagem que se envolve amorosamente com a protagonista, uma garota em crise com sua sexualidade, interpretada com brilho por Ana Beatriz Nogueira.


É ainda nesses anos 80, que Aida Leiner será escalada para um dos mais filmes mais cults da década: Anjos da noite, do saudoso Wilson Barros. A atriz interpreta um dos personagens que compõem a fauna urbana da história. Depois de anos afastada das telas e vivendo na Alemanha, Aida Leiner retorna em Carandiru, de Hector Babenco. 


Filmografia

- Anjos da noite, 1987, Wilson Barros
- Vera, 1987, Sérgio Toledo
- Minas, Texas, 1989, Carlos Alberto Prates Correia
- Carandiru, 2003, Hector Babenco.

 

::Voltar
Sala 
 Isabel Ribeiro
Presença luminosa nas telas, brilhou no cinema, teatro e televisão.